Atriz deixa a Marvel para não se vacinar

A atriz guianesa-britânica Letitia Wright, de 28 anos, preferiu abandonar a equipe da Marvel a se vacinar contra a Covid-19.

A Shuri, do Pantera Negra, afirmou aos amigos e familiares que não voltaria a gravar com a Marvel em janeiro de 2022, caso o estúdio continuasse obrigando os funcionários e colaboradores a se vacinarem. Ela era cotada para ficar no lugar de Chadwick Boseman e viver a "Pantera Negra", mas a moça desistiu da vaga.

A atriz está afastada dos sets da Marvel desde agosto deste ano, quando sofreu lesão. Em outubro, colegas de trabalho teriam denunciado a artista porque ela havia pronunciado abertamente que não era a favor das vacinas contra o novo coronavírus. De lá prá cá, a britânica tem sofrido pressão da empresa para se imunizar, mas, ao final, ela disse que não estava pronta.

Em setembro deste ano, a Marvel também demitiu o quadrinista Joe Bennett por discordar de um trabalho que o brasileiro fez, elogiando o presidente Jair Bolsonaro.

Bennet trabalhava na empresa desde 1994.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários