Moro elogia Barroso por exigir passaporte sanitário

O ex-Ministro da Justiça e o ex-juiz federal, Sérgio Moro, elogiou a postura do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luis Roberto Barroso, em cobrar o comprovante de vacinação dos viajantes que queiram ingressar no Brasil. A medida foi tomada na sexta-feira (10).

- A decisão do ministro Barroso é correta. A gente tem de respeitar a liberdade das pessoas, mas tem a reciprocidade. Temos de proteger contra novas variantes que podem surgir lá fora em países em que as pessoas não estão se vacinando e o vírus ainda pode proliferar bastante - escreveu Moro no Twitter, que é possível pré-candidato do Podemos à presidência da República em 2022.

Moro saiu do Governo Bolsonaro no início de 2020. Ele acusou o presidente de querer interferir nas atividades da Polícia Federal, que investigava a tentativa de homicídio sofrida por ele durante as eleições de 2018. Por outro lado, o chefe do Planalto denunciou o ex-juiz federal afirmando que ele o pressionava para ser indicado a uma vaga no Supremo Tribunal Federal.

Por fim, Moro deixou o governo no início da pandemia e Bolsonaro indicou o pastor evangélico, André Mendonça, para a Corte.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários