Mulher é enterrada viva, mas escapa de cova

O caso aconteceu no município de Barro Preto, na Bahia. A mulher de 53 anos havia saído para encontrar o companheiro na casa dele, no dia 29 de novembro e não voltou mais.

A família de Valdenice Alves de Novais acionou a polícia, que começou a pressionar o suspeito. Ele acabou confessando que a manteve presa por alguns dias, mas, após muitas brigas por ciúmes, ele enterrou a namorada viva.

A mulher foi encontrada amarrada na quinta-feira (9) em uma região de mata. Ela estava confusa em virtude da desidratação e de vários golpes na cabeça.

A vítima foi encaminhada para o hospital e está se recuperando.

À polícia, o homem alegou que não queria matar a companheira. Apenas dar um "susto". Ele já está preso.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários