André Gonçalves é acusado de “agredir verbalmente” filha que foi cobrar pensão atrasada

O ex-ator da Rede Globo, André Gonçalves, de 46 anos, está envolvido em outra polêmica sobre pensão dos filhos. Desta vez, a filha mais velha do artista com a também atriz Tereza Seiblitz, Manuela Gonçalves, de 22 anos, teria sido agredida verbalmente pelo pai ao cobrar a pensão atrasada.

O caso veio à tona porque um seguidor de Tereza no Instagram repreendeu a artista afirmando que era “uma vergonha” a filha da atriz cobrar pensão do pai.

- Cobrando pensão alimentícia para uma filha de 23 anos. Isso é uma vergonha. E ainda se diz feminista. Manda a Manuela trabalhar para se tornar uma mulher independente ao invés de viver de pensão eternamente. Isso é indigno - escreveu o rapaz.

Indignada com o comentário, a ex-global desabafou:

- Você não sabe o que está falando. Grosseiro e cruel como tantos pais que não assumem os custos dos filhos. Para seu governo, o pai da minha filha, que fez 22 anos, não paga pensão há 10 anos. Ela desistiu da cobrança. Foi verbalmente agredida por ele. Além disso, o advogado dele foi tão grosseiro que o mediador encerrou a sessão. Um conselho: se não pode ajudar, não atrapalhe – finalizou a mãe.

André Gonçalves foi condenado, mês passado, pela Justiça de Santa Catarina por não pagar, à outra filha que teve com a jornalista e atriz Cynthia Benini, pensão acumulada no valor de R$ 352 mil. Ele alegou que está desempregado desde 2016 e que não tem como quitar o débito. Ele está em prisão domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários