Direita e esquerda disputam a eleição mais acirrada dos últimos 30 anos no Chile

Gabriel Boric é o canditado da esquerda, tem 35 anos de idade, é deputado em segundo mandato e foi líder estudantil. Do outro lado, temos o advogado José Antônio Kast, 55 anos, ex-deputado federal por quatro mandatos seguidos.

Os dois irão disputar, neste domingo, o segundo turno das eleições presidenciais no Chile, a mais acirrada e incerta dos últimos 30 anos.

Depois da votação apertada, que teve como vencedor no primeiro turno Kast, os candidatos mudaram seus programas de governo e fizeram novas alianças para atraírem mais eleitores.

Segundo pesquisas atuais, o esquerdista Boric seria eleito com três pontos percentuais de diferença.

O voto no Chile não é obrigatório e menos da metade dos eleitores costuma participar das eleições. Mesmo o pleito sendo manual, o resultado será conhecido ainda na noite deste domingo.

O novo presidente deve tomar posse em 11 de março do ano que vem e terá um mandato de 4 anos.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários