Comitê diz a prefeitura do Rio que Carnaval de rua não precisa ser proibido

O Comitê Científico de Enfrentamento à Covid-19 (CEEC) do Rio de Janeiro avisou ao prefeito Eduardo Paes que ele não precisa proibir o Carnaval na capital fluminense. É que segundo o órgão, eles avaliam uma forma de a folia em locais públicos estar garantida para o ano de 2022 e alegam estar formulando uma série de critérios para que os participantes estejam livres do contágio do coronavírus e suas novas variantes.

- O CEEC fundamentado no cenário epidemiológico favorável, (número de casos, número de casos internados, % de positividade de testes) com 80% de cobertura vacinal atual, na análise dos dados de todos os eventos com aglomeração no país e no Rio de Janeiro, e sustentado pelas evidências científicas disponíveis, recomenda a SMS que não estabeleça, nesse momento, nenhuma restrição à realização do Carnaval Carioca. Recomenda adicionalmente que todo o processo de monitoramento do cenário epidemiológico seja mantido em vigilância - alegou o grupo de cientistas.

Médicos, professores universitários, diretores de hospitais, a secretária e a subsecretária de Saúde e outros especialistas fazem parte desse Comitê e já autorizaram os desfiles na Marquês de Sapucaí, "com o cumprimento de normas sanitárias", como apresentação do passaporte de vacina para todos os envolvidos no evento.

Duas semanas atrás, Eduardo Paes estava reclamando nas redes sociais sobre o cancelamento do reveillon no Rio. Na ocasião, o governador Cláudio Castro (PL) proibiu as festas de fim de ano para evitar novo surto do coronavírus.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários