Zé Trovão vai para prisão domiciliar

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, autorizou, na sexta-feira (17), prisão domiciliar para o caminhoneiro Zé Trovão. Ele foi um dos organizadores das manifestações de 7 de setembro e era acusado pela corte de atentar contra as instituições democráticas do Brasil.

Zé Trovão, assim como o cantor sertanejo Sérgio Reis e o jornalista Wellington Macedo, que eram organizadores do evento nem chegaram a participar do ato. O caminhoneiro, por exemplo, teve a prisão preventiva decretada em 1º de setembro e fugiu do Brasil. Foi preso apenas no final de outubro, quando se entregou na sede da Polícia Federal, em Joinville (SC).

Embora esteja em casa, Zé Trovão está impedido de falar com qualquer pessoa, usa tornozeleira eletrôncia e não pode usar as redes sociais.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários