Câmara Municipal de Cuiabá aprova o Dia do Orgulho Hétero

A Câmara Municipal de Cuiabá, em Mato Grosso, aprovou projeto para instituir o Dia do Orgulho Hétero. A proposta é de autoria de Marcos Paccola (Cidadania) e, segundo o parlamentar, pretende evitar que grupos homossexuais obriguem outros cidadão a ter um comportamento alinhado à causa gay ou mesmo bissexual.

- O que me fez propor essa lei foi uma conversa que tive com meu filho e sobrinhos e fui revelado a algo que eu achei realmente assustador, de que na escola, para participar de determinados grupos, eles tinham que beijar meninos e meninas - contou o parlamentar.
- Uma clara obrigatoriedade para eu jovens e crianças tenham um comportamento bissexual - emendou.

Nesse primeiro turno, dos 16 vereadores presentes, apenas um foi contra o projeto. A votação final ficou para 2022, após o recesso da Casa.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

(CRÉDITO: REPRODUÇÃO)
(CRÉDITO: REPRODUÇÃO)
Mostrar comentários