Barroso promete muitas derrotas para Bolsonaro em 2022

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luis Roberto Barroso, que também é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), promete não dar descanso ao presidente Jair Bolsonaro em 2022. É que o magistrado é relator de ações importante na Corte como o passaporte de vacina, demissão de não-vacinados e "rachadinhas".

Este ano, contagem até agosto de 2021, confirmou que o Supremo agiu 123 vezes contra o Governo Federal, desde que Bolsonaro assumiu a presidência em 2019. Esse número deve aumentar em 2022, ano eleitoral. O ministro Alexandre de Moraes, que presidirá o TSE no lugar do colega Barroso, já avisou que o Tribunal analisará de perto as informações que julgar Fake News sobre as urnas, entre outros assuntos.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários