Ex-empresária de Nick Minaj e Kardashians é assassinada

A empresária Angie Kukawski, de 55 anos, foi encontrada sem vida dentro de um veículo em Simi Valley, na Califórnia, na quarta-feira (29). A gestora foi responsável por gerenciar a carreira de grandes nomes de Hollywood, como as Kardashians, e os astros do Rap Nick Minaj e Kanye West. Ela já estava desaparecida desde o dia 23 de dezembro.

O principal suspeito do assassinato “sádico e cruel”, como é descrito pela polícia, é o namorado de Angie, Jason Barker. Os policiais afirmam que ele matou Kukawski na casa dela, que se localiza no distrito de Sherman Oaks, depois colou o corpo no carro e dirigiu até Simi Valley.

O corpo da vítima foi encontrado após o alertas de moradores da região. A faca utilizada no homicídio já foi localizada pelos policiais.

- Jason a assassinou com a intenção de causar dor e sofrimento cruel e extremo, com o propósito de vingança, extorsão, persuasão e de forma sádica - disse o departamento à imprensa.

A família Kardashian lamentou o ocorrido em uma nota emocionada.

- Angie foi realmente a melhor. Ela se preocupou com cada um de nós e fez acontecer coisas que eram impossíveis. Ela fará muita falta e enviamos nossas sinceras condolências à família e entes queridos neste momento tão difícil -

Nicki Minaj, a rapper mais bem paga do mundo em 2019, também se pronunciou sobre o caso em stories no Instagram.

- Você não merecia isso, Angela. Meu coração está partido pelos seus filhos. Descanse em paz - lamentou a moça.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários