Bolsonaro não precisará de cirurgia após mal-estar

O boletim médico do Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, confirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PL), 66 anos, não precisará se submeter a uma cirurgia para desobstruir o intestino.

A equipe médica, que assinou o documento, informou que o quadro de saúde do presidente apresenta melhora satisfatória e que, por isso, um procedimento cirúrgico seria desnecessário.

- O quadro de suboclusão intestinal do senhor presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, se desfez, não havendo indicação cirúrgica. A evolução do paciente clínica e laboratorialmente segue satisfatória e será iniciada hoje uma dieta líquida. Ainda não há previsão de alta - diz o boletim.

Bolsonaro passava férias em Santa Catarina, mas, no domingo (2), ele teve fortes dores abdominais e foi levado às pressas para São Paulo, onde atua o médico Antonio Luiz de Macedo, que o atende desde que ele sofreu tentativa de assassinato em 2018.

O chefe do Planalto já iniciou uma dieta líquida, caminhou pelo corredor do hospital. Mas, ainda assim, não tem previsão de alta.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários