"Não será obrigatória", diz Bolsonaro sobre imunização de crianças

Em live desta quinta-feira (6), pouco tempo após ter alta do Hospital Vila Nova Star onde esteve internado em virtude de uma obstrução intestinal, o presidente da República, Jair Bolsonaro, fez questão de afirmar que a vacinação de crianças - com 5 até 11 anos de idade - contra a Covid-19 não será obrigatória no Brasil.

Os pais, então, poderão optar pela imunização, se assim o desejarem; já que o ministro do Supremo Tribunal Federal (Ricardo Lewandowski) concordou com a posição do Governo Federal, nesta semana.

A imunização das crianças começa na segunda-feira, dia 17, com a vacina da Pfizer. A CoronaVac, por ter apenas uso emergencial autorizado pela Anvisa, não está permitida no país.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários