Coach leva 60 pessoas para montanha e 32 precisam de resgate para descer do local

Uma expedição ao Pico dos Marins, em São Paulo, nesta quinta-feira (6), quase poderia ter virado tragédia quando o coach motivacional e influencer, Pablo Marçal, insistiu que 60 alunos seus enfrentassem chuvas fortes e ventos de até 100 km/h para aprender, na prática, como "governar ou chegar ao topo".

O momento mais tenso da aula prática foi quando os alunos perceberam que não conseguiriam completar o percurso devido às pessimas condições do tempo. Houve reclamações e muitas desistências. O grupo que ficou com o "professor" precisou armar barracas para tentar se defender do vento e do temporal. Mas, aí, a água entrou nas barracas e os que ficaram começaram a sofrer com hipotermia. A temperatura já chegava em 0º, quando o Corpo de Bombeiros foi chamado, às 02:30 da sexta.

- Ele foi totalmente irresponsável. Subir com um grupo de pessoas despreparadas e sem equipamento é colocá-las sob risco de morte. Essa foi a pior ação que a gente viu no Pico dos Marins - disse Paulo Roberto Reis, chefe do resgate, acrescentando que a equipe inteira do resgate foi deslocada para o local.

Após o problema ter sido resolvido com todos em segurança, o coach divulgou um vídeo nas redes sociais minimizando o fato:

- Eu não mandei ninguém subir. Eu fui na frente. Fui lá, subi e resolvi. ‘Ah, Pablo. E se alguém tivesse se machucado?’ Cada um subiu sob a sua responsabilidade. Só que é o seguinte: é igualzinho a sua vida. Vai vir um monte de protetor de montanha para querer falar o que você tem que fazer da sua vida. Você vai escrever agora: 'Eu que decido o que devo fazer - despistou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários