Belém, 406 anos

Em 12 de janeiro, comemora-se o aniversário de Belém, capital do Pará. A cidade foi fundada em 1616 pelo Capitão-Mor português Francisco Caldeira Castelo Branco. Ele tinha a intenção de proteger a entrada da Amazônia de invasores, em sua maioria, ingleses e franceses, e, por isso, os colonizadores decidiram construir um forte, chamado mais tarde de o Forte do Castelo.

Essa, então, foi a primeira edificação de Belém do Pará. Atualmente, o Forte do Castelo é uma das principais atrações turísticas da cidade.

Para comemorar a data de aniversário da capital paraense, uma panificadora especifica há mais de dez anos produz um enorme bolo. A fila para pegar uma fatia saborosa do alimento inicia-se desde cedo. A cada ano, a empresa surpreende com um sabor diferente do anterior. Em 2016, por exemplo, quando a cidade comemorava 400 anos, o alimento media 100 metros e precisou de 3800 avos para ser feito, sem contar a grande mão de obra para sua produção.

Celebrações religiosas e entregas de medalhas a instituições e pessoas que contribuíram de alguma forma para a cidade também são feitas. Este ano, além disso, a entrega de obras públicas entrou para a lista de regalias na data comemorativa.

Enfim, viva Belém.

Viva a suas belas e exóticas paisagens, rios e florestas.

Viva a sua rica e peculiar culinária, a que encanta e surpreende o paladar do turista.

Viva ao seu inesquecível cenário formado por mangueiras.

Viva a rica cultura de artes que a capital oferece.

Viva Belém e os seus 406 anos.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários