Estudante brasileira descobre 25 asteróides para a NASA e é premiada pelo Ministério da Teconologia

A estudante de Medicina da USP, Verena Paccola, de apenas 22 anos, descobriu nada menos que 25 asteróides; quando participava de um projeto da NASA. Um deles até pode se chocar com a Terra.

A descoberta da acadêmica foi classificada como "importante" na lista de status que a agência americana qualifica os trabalhos que contribuem para a ciência e Verena foi premiada com um trofeú.

A estudante se inscreveu no programa da NASA, em 2020, quando ainda se preparava para o vestibular de Medicina.

- Eu queria estudar algo além do conteúdo do Ensino Médio e me inscrevi no programa de caçar asteroide. Fui aceita e fiz o treinamento online para aprender a analisar as imagens do universo que a Nasa me enviava - explicou.

As análises da brasileira foram avaliadas por outros astrônomos e, em seguida, todos os dados foram coletados pela Universidade de Harvard e enviados à Nasa.

Após a premiação, Verena se prepara, agora, para um treinamento presencial na Nasa.

- Vamos ver se sai do papel para este ano - comemora, acrescentando que pretende colocar o nome da avó, Rochele Paccola, em um asteroide e, em outro, homenagear a universidade onde estuda.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários