Advogada de Bolsonaro vai processar Abraham Weintraub

A advogada Karina Kufa, que representa o presidente Jair Bolsonaro (PL), optou por ir à Justiça contra o ex-Ministro da Educação e atual diretor do Conselho-Administrativo do Banco Mundial,

Abraham Weintraub.

Karina disse que se sentiu ofendida com as recentes declarações do ex-ministro afirmando que gostaria de saber onde foram parar os supostos recursos para a legenda "Aliança Pelo Brasil", que o presidente pretendia colocar em prática; mas nem chegou a sair do papel.

A advogada rebateu os comentários de Weintraub e contou que o único valor, que passou pela conta da sigla, foram R$100 que ela mesma depositou para criar a conta bancária do partido.

- Pela conta do partido, só passaram os R$ 100 que eu depositei para fazer a abertura da conta. Nada mais além disso - finalizou Karina, que também era tesoureira da legenda.

Nos corredores do Planalto, aliados de Jair Bolsonaro acreditam que a nova postura de Weintraub em criticar o Governo Federal seria um ressentimento por não ter sido indicado como candidato do presidente ao Governo de São Paulo. Ao invés do ex-ministro da Educação, o chefe do Executivo preferiu Tarcísio de Freitas, que comanda a pasta da Infraestrutura.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários