Paulista, Bia Haddad, entra para a história do tênis após avançar para a final do Australian Open

Nesta quarta-feira (26), a brasileira Bia Haddad, de 25 anos, tornou-se a primeira brasileira a disputar a final do torneio de duplas feminina na Era Aberta (1968). Juntamente à cazaque Anna Dalinina, as duas derrotaram as atletas japonesas Aoyama e Shibahara, por 2 sets a 1.

Por consequência, Bia se tornou a primeira brasileira na Era Aberta (pós-1968) a chegar em uma das finais do Australian Open. Também levou o título da primeira brasileira na final de Grand Slam desde 1982.

Todavia, a partida foi bem disputada para a dupla Haddad e Dalinina, tendo vitória no primeiro set por 6-4, mas levando empate no segundo (7-5) e fechando o jogo no terceiro set com 6-4, novamente.

Desde o ano passado, o Brasil está avançando cada vez mais no tênis de duplas feminino, graças ao feito da dupla Luisa Stefani e Laura Pigossi, que conseguiram medalha de bronze, nos Jogos Olímpicos de Pequim.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários