Kim Jong-un admite: “Situação alimentar na Coreia do Norte é tensa”

Por causa dos tufões que atingiram o país, o setor agrícola não conseguiu cumprir o plano de produção de grãos. O ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, qualificou como “tensa” a situação alimentar no país asiático e disse que a dificuldade no abastecimento afeta a região desde 2020.

- Houve desvios na execução do plano estatal devido a obstáculos e dificuldades que estão sendo enfrentados na atualidade -, alegou o ditador, em sessão do partido Trabalhista da Coreia (PTC).
- A situação alimentar da população está tensa, pois o setor agrícola não cumpriu o plano de produção de grãos devido aos danos causados pelos tufões -

Os representantes do PTC serão os responsáveis por resolver os problemas referentes à safra de produção de grãos no país.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários