Em live com Kataguiri, Moro diz que recebeu de consultoria americana US$ 45 mil mensais

Após o Tribunal de Contas da União (TCU) determinar, nesta sexta-feira (28), que a empresa Alvarez & Marsal informasse quanto o ex-ministro da Justiça e ex-juiz federal da "Lava Jato", Sérgio Moro, recebia pela consultoria; o ex-magistrado fez uma live com o deputado federal Kim Kataguiri (Podemos), do mesmo partido que ele e, compartilhou os valores.

Segundo o pré-candidato à presidência da República, ele recebeu da companhia americana R$ 240 mil mensais, de dezembro de 2020 a novembro de 2021.

- Não estou fazendo isso por CPI. Eles recuaram porque sabem que não tem nada de errado e também não estou fazendo isso pelo TCU, que está abusando do poder. Eu acho que, como pessoa que está se colocando como pré-candidato à Presidência, a gente tem um dever de transparência. Eu nunca trabalhei para a Odebrecht. Na verdade, eu desmantelei o esquema de corrupção da Odebrecht - justificou.

O ministro do TCU Bruno Dantas determinou que a consultoria envie “toda documentação relativa ao rompimento do vínculo de prestação de serviços, incluindo datas das transações e valores envolvidos”. Os auditores desejam saber se há conflito de interesse na contratação de Moro para a consultoria; uma vez que os rendimentos da empresa americana vinham quase que completamente de alvos da "Lava Jato".

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários