Moraes encaminha notícia-crime contra Bolsonaro à PGR

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, encaminhou notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) à Procuradoria-Geral da República (PGR); alegando que o chefe do Executivo "desobedeceu ordem judicial".

Moraes determinou que Bolsonaro comparecesse à sede da Polícia Federal, na sexta-feira (28), para depor sobre supostas informações sigilosas que ele teria divulgado em live sobre o ataque hacker sofrido pelo sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), durante as eleições de 2018.

A Advocacia-Geral da União (AGU) comprovou que o inquérito não tinha etiqueta de sigiloso, quando Bolsonaro fez a live e anexou depoimento do próprio delegado do caso, Victor Feitosa, confirmando isso. Mesmo assim, Moraes enviou denúncia à PGR.

Meses antes, foi o próprio ministro quem mandou afastar Feitosa do inquérito.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários