Até o final de março, 11 ministros deixarão o governo

Onze ministros do Governo Federal deverão deixar os cargos para se candidatar a um cargo político nestas eleições até o dia 31 de março. O presidente Jair Bolsonaro chamou a saída em massa de "grande pacotão".

- Nós temos previstos, no momento, 11 ministros que vão disputar eleição. Obviamente que vamos ter ministérios-tampão - avisou.

Sobre quem seriam os aliados que substituiriam os ministros nos cargos, Bolsonaro revelou que o senador Marcos Rogério (PL-RO), que teve excelente desempenho durante a CPI da Covid-19, seria um deles, mas "ainda não está nada definido".

- A gente pode conversar, mas não está nada definido. Até para evitar ciumeira. Dia 31 de março, o grande dia, é um pacotão: 11 saem e 11 entram. Da minha parte, vocês (jornalistas) só vão saber via Diário Oficial da União - afirmou, em Porto Velho, onde está para reunir-se com o presidente esquerdista do Peru, Pedro Castillo.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários