MP determina bloqueio de bens de Moro por sonegação de impostos

O Ministério Público encaminhou ofício ao Tribunal de Contas da União (TCU) solicitando que o órgão investigue o ex-ministro da Justiça e ex-juiz federal por suposta sonegação de impostos e que bloqueie os bens de Sérgio Moro, pré-candidato à presidência da República pelo Podemos.

Moro, que já foi considerado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) como parcial em suas sentenças ao ex-presidente Lula (PT) durante a "Lava Jato", é investigado pelo MP sobre o valor que recebeu da consultoria americana Alvarez&Marsal; cujos clientes - em sua maioria - eram alvos da operação anticorrupção.

O ex-juiz declarou ter recebido R$ 3,5 mi em um ano, mas o MP acredita que “há risco da inviabilização do ressarcimento e do recolhimento de tributos aos cofres públicos”.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários