Morre o menino Rayan, que caiu em poço de 32 metros no Marrocos

Foram quatro dias de trabalho para fazer um poço paralelo ao que o menino de 5 anos caiu, no Marrocos.

O caso foi dramático e reuniu uma imensa equipe de resgate e médicos, além de muitos populares que não saíam do local; enquanto a criança não fosse retirada do buraco.

Este sábado (5), finalmente, os socorristas conseguiram chegar no menino. Mas, já era tarde demais. Rayan já estava sem vida.

O resgate fazia um túnel horizontal e tentava se aproximar de onde o garoto estava há dias. Mas, essa era uma tarefa delicada porque a região tem muitas rochas, e, ao mesmo tempo, há deslizamentos. A criança, porém, não aguentou a espera e faleceu no local.

O caso sensibilizou todo o país e nações vizinhas. O rei do Marrocos, Mohammed 6º, ligou para os pais do menino para prestar condolências.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários