Monark é demitido de podcast

Após perder patrocinadores e entrevistados, o Flow Podcast decidiu demitir o apresentador do programa, Monark, por apologia ao nazismo.

Na segunda-feira (7), enquanto recebia os deputados federais Kim Kataguiri (Podemos-SP) e Tábata do Amaral (PSB-SP) na

atração, Monark defendeu a ideia de que o Brasil deveria ter um partido legalizado, que representasse os direitos dos nazistas.

A afirmação pegou a parlamentar de surpresa e ela ainda tentou explicar para o comunicador das possíveis consequências ao

povo judeu, se um partido nazista fosse criado no país; mas ele não retrocedeu na opinião.

Depois da repercussão negativa, o podcast divulgou comunicado desligando Bruno Aiub da equipe, nesta terça-feira (8).

- Ao longo da nossa história, tratamos de temas sensíveis buscando promover conversas abertas sobre assuntos relevantes para a nossa sociedade, sem preconceitos ou ideias pré-concebidas, pelo que acreditamos e defendemos. Reforçamos nosso comprometimento com a Democracia e Direitos Humanos, portanto, episódio 545 foi retirado do ar. Comunicamos também a decisão que a partir de agora, o youtuber Bruno Aiub, o Monark, está desligado do Estúdios Flow - finalizou a polêmica.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários