Adrilles Jorge é demitido da Jovem Pan após público confundir "tchau" com saudação nazista

O comentarista político da Jovem Pan, Adrilles Jorge, acaba de ser demitido.

O escritor disse que foi mal-interpretado e afirmou que, antes de dar "tchau", ao final do programa, ele havia feito uma longa defesa do povo judeu e de por que motivos o partido nazista não deveria ser implantado no Brasil. Mesmo assim, a emissora de Tutinha Carvalho, achou por bem demiti-lo do canal e reiterou que não compartilha de opiniões que "não respeitam as posições do Grupo JP".

Adrilles se manifestou nas redes sociais e disse que a demissão foi em virtude de um cancelamento proposto pela esquerda por conta da saudação.

- Não fiz nada. Sou antinazista. Por outro lado, posso pedir desculpas por quem tenha se enganado com esse gesto. Jamais faria um gesto a título de gracejo - explicou.

No Twitter, onde Adrilles foi um dos mais comentados, o jornalista voltou a falar sobre o assunto:

- A insanidade dos canceladores ultrapassou o limite da loucura . Depois de um discurso meu veemente contra qualquer defesa de nazismo, um tchau é interpretado como um saudação nazista. Nazista é a sanha canceladora que não enxerga o próprio senso assassino do ridículo - disparou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários