Neymar cai em golpe do Pix e perde R$ 220 mil reais

O atacante da seleção brasileira e do PSG, Neymar, teve R$ 220 mil reais desviados de sua conta bancária.

Contudo, nesta terça-feira (8), um auxiliar administrativo de 20 anos foi preso na Zona Leste de São Paulo por ser suspeito de ser operador do esquema de fraudes via Pix. O suspeito foi detido pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic); uma vez que foram investigadas diversas ocorrências nos bancos da capital. Todas envolvendo o jovem.

A polícia ainda procura pelo restante da quadrilha.

O auxiliar está sendo acusado, não só de ter desviado tamanha quantia do jogador, como também de outras personalidades famosas com alto poder aquisitivo.

De acordo com o delegado Fábio Pinheiro Lopes, o auxiliar administrativo era um funcionário terceirizado do banco que tinha acesso a algumas senhas. De posse dos dados, ele fez pequenas movimentações bancárias até chegar na conta do atleta.

O suspeito também é acusado de ser o responsável por todo o esquema, que envolve estelionato e furto de dinheiro.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários