"O resumo é o seguinte: Bolsonaro trouxe a água e Lula levou o dinheiro", dispara Coronel Azevedo

Com essa afirmação o Coronel Azevedo, deputado estadual no Rio Grande do Norte, resumiu a grande obra de transposição do Rio São Francisco em vários Estados do Nordeste que, há anos, aguardavam posição dos governos petistas.

Nesta quinta-feira (10), em sessão ordinária da Assembleia Legislativa, o militar fez questão de lembrar:

- O resumo é o seguinte: Bolsonaro trouxe a água e Lula levou o dinheiro. Isso é o resumo da transposição de água do São Francisco. Obrigado, presidente Jair Bolsonaro - afirmou.

A transposição do Rio São Francisco foi orçada em R$ 8,2 bilhões e tinha o objetivo de abastecer 390 municípios nos Estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. A construção iniciou em 2006, com valor de R$ 4,5 bi. Foi paralisada diversas vezes e o custo dobrou aos cofres públicos. Por isso, só em 2015, a Polícia Federal deflagrou uma operação chamada "Vidas Secas - Sinhá (Vitória), que investigava o desvio de R$ 680 milhões. O consórcio responsável pela obra era das empresas OAS/Galvão/Barbosa Melo/Coesa. Porém, houve muitos outros trechos da execução que também estavam sendo apurados pela PF.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários