Chega ao fim suplício dos nordestinos: Bolsonaro conclui a transposição do Rio São Francisco

Foram longos anos de espera, mas, finalmente, o sofrido povo do Nordeste conseguiu se libertar da escravidão dos carros-pipa. O Governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) entregou, esta semana, o último trecho da obra em Jati, no Ceará.

A transposição do Rio São Francisco era um desejo antigo da população que mora na região semiárida do Brasil, porque desde o século XIX os habitantes de lá sofrem com a seca.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, esteve presente na inauguração do Cinturão das Águas, no Jati e se emocionou com a alegria dos nordestinos beneficiados com a construção de uma barragem.

- Resgatamos uma dívida histórica com o Nordeste - comemorou Marinho.

A transposição do Rio São Francisco foi idealizada no final do primeiro mandato de Lula (PT). À princípio, o governo petista orçou a obra em R$ 4,5 bilhões, mas foram tantos atrasos que ela dobrou de valor e nunca foi terminada. O dinheiro investido nela simplesmente sumiu e várias operações da Polícia Federal foram efetuadas para identificar onde e como haviam sido desviadas as verbas.

A transposição vai abastecer 390 municípios nos Estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários