Após multar CBF e AFA, Fifa remarca partida entre Argentina e Brasil

Depois que quatro jogadores argentinos furaram a quarentena devido à Covid-19, o Comitê Disciplinar da Fifa decidiu que a partida entre Brasil e Argentina, válida pelas eliminatórias da Copa do Mundo, teria nova data.

O confronto que deveria ter ocorrido em 5 setembro de 2021, em São Paulo, foi interrompido quando agentes da Polícia Federal (PF), a pedido da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), entraram no estádio no meio da partida e interromperam o jogo; alegando que quatro atletas não haviam cumprido corretamente a quarentena.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) foi multada pela federação internacional, juntamente à Associação de Futebol Argentina (AFA).

Após uma investigação minuciosa dos vários elementos factuais e à luz dos regulamentos aplicáveis, o Comitê Disciplinar da Fifa decidiu que a partida deve ser repetida em data e local a serem ainda decididos pela Fifa.

Os argentinos Emiliano Buendía, Emiliano Martínez, Giovani Lo Celso e Cristian Romero foram suspensos por dois jogos cada um por “desobedecer os protocolos de retorno do futebol internacional da Fifa”.

Os quatro jogadores terão de se ausentar nas próximas partidas pela seleção que eles representam. Além disso, “o Comitê Disciplinar da Fifa concluiu que o abandono da partida decorreu de várias deficiências das partes envolvidas em relação às suas respectivas responsabilidades e/ou obrigações”, afirma outro trecho do comunicado.

A CBF foi condenada a pagar uma multa de 500 mil francos suíços (R$ 2,8 milhões) por “infrações relacionadas à ordem e segurança”. A AFA, por sua vez, terá de desembolsar 200 mil francos suíços (R$ 1,1 milhão) pelo “descumprimento de suas obrigações em matéria de ordem e segurança, preparação e participação na partida”.

Ambas as associações ainda terão de pagar uma multa de 50 mil francos suíços (R$ 280 mil) por “abandonar a partida”.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários