Putin agradece ida de Bolsonaro à Rússia: "Principal parceiro na América Latina"

O presidente Jair Bolsonaro (PL) desembarcou em solo russo e foi muito bem recebido pelo presidente Vladmir Putin, nesta terça-feira (15).

Putin agradeceu a ida de Bolsonaro à Rússia e, enquanto cumprimentava o brasileiro com um aperto de mão, Putin disse:

- Estamos retomando as relações que foram interrompidas, de certa forma, pela pandemia de coronavírus. É uma alegria recebê-lo, senhor presidente. Espero que nosso encontro seja produtivo. É muito importante porque o Brasil é o principal parceiro nosso na região da América Latina. Bem-vindo - disse, sorridente e animado.

Chamou a atenção de Putin que, em 2021, Brasil e Rússia aumentaram em 87% o comércio bilateral entre os dois países. Por isso, o chefe do Kremelin pediu para que Bolsonaro visitasse a nação gelada e conhecesse de perto o que os empresários russos poderiam oferecer aos brasileiros.

O Brasil é um dos principais importadores dos agrotóxicos russos e Putin deseja que o país compre, além desse, outros produtos que eles possam oferecer.

Bolsonaro agradeceu o convite e disse que estava muito honrado em conhecer o país.

- Estou muito feliz e honrado por este convite. Somos solidários à Rússia. Queremos muito colaborar em várias áreas, defesa, petróleo e gás, agricultura e as reuniões estão acontecendo. Tenho certeza que esta passagem por aqui é um retrato para o mundo que nós podemos crescer muito as nossas relações bilaterais - avisou.

Putin e Bolsonaro trocam elogios há um bom tempo. O Kremlin, inclusive, já chegou a elogiar a postura do brasileiro na condução da pandemia da Covid-19 e liberou o motorista Robson Oliveira, que estava preso no país, depois que a Diplomacia do governo brasileiro intercedeu.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários