VÍDEO: Bolsonaro fecha acordos com a Hungria e reafirma que 63% do território nacional está preservado

O presidente Jair Bolsonaro PL) desembarcou, nesta quinta-feira (17), em Budapeste, capital da Hungria, para uma breve visita oficial. Ele foi direto ao Palácio Sándor.

Recebido pelo presidente, János Áder, com honras militares, e o primeiro-ministro Viktor Orbán, eles seguiram para reunião.

Brasil e Hungria assinaram um termo sobre cooperação no âmbito da defesa, outro para relações comerciais, um terceiro para a promoção de ações humanitárias e outro para a gestão de recursos hídricos e saneamento das águas.

Por fim, Bolsonaro e Orbán fizeram uma declaração conjunta à imprensa em que o brasileiro destacou os valores que ambas as nações representam

- Pequeno (irmão) se levarmos em conta as nossas diferenças nas respectivas extensões territoriais e grande pelos valores que nós representamos, que podem ser resumidos em quatro palavras: Deus, pátria, família e liberdade - salientou.

O presidente do Brasil aproveitou a ocasião para ressaltar que, ao contrário do que é divulgado no exterior, o país conta com 63% do seu território nacional intocável e teve o apoio do húngaro.

Eles se abraçaram no final da coletiva.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários