PF vê superfaturamento em compra de respiradores por São Paulo

A Polícia Federal cumpriu, nesta terça-feira (22), sete mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao Governo de São Paulo, sob comando de João Doria (PSDB).

A investigação do órgão apura o direcionamento e superfaturamento na compra de 1.280 respiradores fabricados pela China.

A aquisição ocorreu no início da pandemia da Covid-19, dispensou licitação e custou aos cofres públicos mais de R$ 242 milhões.

Os peritos da PF constataram que os preços praticados estavam acima do mercado, que houve direcionamento de empresas na compra e que há indícios fortes de lavagem de dinheiro.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários