Começou a temporada de troca de partidos. Deputados têm 30 dias para mudar de legenda

A janela partidária inicia nesta quinta-feira (3) e vai até o dia 1º de abril.

Enquanto estiver vigente o prazo, deputados federais, estaduais e distritais poderão trocar de sigla, sem perder o mandato, para poder concorrer às eleições deste ano, que serão em outubro.

Com a ida do presidente Jair Bolsonaro para o PL, acredita-se que a movimentação dos parlamentares será enorme na tentativa de aliar o próprio nome ao do chefe de Estado. Além do mais, outros partidos se uniram criando novas legendas e outros ainda aderiram às federações.

No calendário eleitoral, os parlamentares têm 30 dias para se desvincular da chamada fidelidade partidária, redefinida na reforma eleitoral de 2015.

Depois desse prazo, se trocarem de sigla sem justa causa, podem perder o mandato. Pois, o entendimento do partido é de que o mandato é dele, não do parlamentar eleito.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários