"Se eu tivesse sido candidato em 2018, teríamos ganhado as eleições", afirma Lula em visita ao México

O ex-presidente Lula (PT), condenado pela operação "Lava Jato" a mais de nove anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, disse, nesta quinta-feira (3), na Câmara dos Deputados do México, que "se tudo der certo, se Deus tiver pensando no povo brasileiro, nós iremos reconquistar o governo, para reestabelecermos a democracia no país".

Para Lula, as eleições de 2018 só foram vencidas pelo atual presidente Jair Bolsonaro (PL) porque ele não era um dos candidatos. Embora o Brasil tenha visto nos anos anteriores todo o processo de corrupção dos governos petistas, o Partido dos Trabalhadores ainda foi para o segundo turno e o candidato, na época, Fernando Haddad, ficou em segundo lugar.

- O PT ficou em segundo lugar em 2018, certamente se eu tivesse sido candidato, possivelmente nós teríamos ganhado as eleições - argumentou Lula, que foi orientado a não fazer "corpo a corpo" no Brasil para não ser agredido por populares.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários