VÍDEO: "É vulgar e enaltece homossexuais", critica desembargador programação da Globo

O desembargador Jairo Ferreira Júnior, do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), analisava um processo da Corte, nesta quarta-feira (9), contra o juiz Thiago Brandão Boghi, que, ao dar sua sentença em outra ação, lamentou o fato de que "se relacionar com putas" não era mais visto como "boa reputação". Na época, o magistrado também criticou a postura do Supremo Tribunal Federal (STF) e de partidos e parlamentares de esquerda.

Boghi saiu em defesa de Thiago, que era alvo de um procedimento disciplinar por ter registrado na decisão que "estar com putas" já foi considerado fato "de valor" no passado.

Ao proferir seu voto, o desembargador disse:

- Os senhores e senhoras já viram a coisa mais perniciosa e vulgar que é a Globo? De mostrar, propagar e enaltecer o homossexualismo. Mulher com mulher se beijando lá. Homem com homem se beijando. Perniciosa - disparou.
- Mas, nós temos que, simplesmente, aderir porque houve uma 'evolução' no aspecto dos costumes sexuais - reclamou, acrescentando que o juiz não extrapolou a conduta ética da magistratura e "não merecia, sequer, um puxão de orelha".

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários