Homem é baleado em tiroteio, aciona socorro e morre atropelado por viatura da polícia

Um homem de 42 anos foi baleado em um tiroteio, mas acabou morrendo mesmo atropelado pela viatura que ele mesmo havia acionado para socorrê-lo.

O incidente aconteceu no domingo (13), em Springfield, no estado de Ohio.

Eric Cole chegou a ser socorrido após o atropelamento, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no dia seguinte.

A autópsia apontou que Cole sofreu traumatismo craniano contundente, fraturas e hemorragia interna. Já o tiro, que atingiu Cole na parte de trás do braço esquerdo e atravessou a pele, não seria capaz de matá-lo.

Cole liga para a emergência e diz que foi baleado mas não sabe da onde partiu o tiro.

– Estou no meio da rua […]. Estou prestes a morrer – repetia o homem na ligação e, minutos depois, é atropelado.
– Eles simplesmente me atropelaram”, grita, desesperado, após ser atingido.
– Quem atropelou você?, questiona o atendimento e Cole responde:
– A polícia.

Questionado sobre o erro, o chefe de polícia de Springfield, Lee Graf, disse que a situação não passou de um acidente.

– Isso não significa que está tudo bem, mas foi um acidente. Este não foi um ato intencional por parte do oficial. Tenho certeza disso – justificou.

Amanda Rosales, que dirigia a viatura, foi tirada das ruas e transferida para fazer trabalho administrativo, enquanto o caso está em andamento.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários