Ex-ator da Globo é preso por roubo e receptação

Thiago Baldini, de 41 anos, ex-ator da Rede Globo, já é um velho conhecido da polícia e tem uma ficha corrida até grandinha para quem vivia das artes.

Em 2020, ele foi preso em Brasília, por roubar o celular de um padre que prestava assistência social para ele. No ano seguinte, 2021, ele já estava no município de Comodoro, Mato Grosso, onde foi novamente autuado por furto e desacato.

Neste sábado (12), ele foi preso de novo, desta vez, na cidade de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, por furto, receptação, perturbação, ameaça, dano ao patrimônio e desacato.

Desde 2018, o ator vem contando seu drama na imprensa e redes sociais. Naquele ano, ele chegou a participar do programa de João Kléber, onde contou um pouco da sua história. Ele morava nas ruas de Vilhena (RO) e pedia esmolas no semáforos da cidade; depois que a pandemia da Covid-19 se alastrou pelo país encerrando os seus contratos.

- Eu tinha carro, dinheiro, frequentava os melhores restaurantes, viajava por todos os países, os melhores hotéis… Eu tinha a melhor profissão! Mas, estão fechando as portas na minha cara - lamentou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários