Prefeito de Belém se irrita com manifestantes e dispara: "Querem que a gente dê porradas"

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues (PSOL), se irritou, neste domingo (13), com populares no centro de Belém.

O professor universitário tentava fazer um discurso na Praça da República, um point de lazer muito conhecido na capital paraense, quando começou a ser vaiado.

Aos gritos de "pague os professores", "fora comunista" e "mito", a população impedia o arquiteto de continuar falando.

Irritado com o deboche, Edmilson joga "beijinhos" pra "plateia" e, em seguida, diz:

- No fundo, sabe o que eles querem? Que a gente chegue e dê porradas!" - disparou o psolista.

O prefeito de Belém, embora receba os recursos do Governo Federal, já disse que não vai reajustar os professores de acordo com o percentual estabelecido pela União, que foi de 33,24%. O psolista alegou que a gestão muicipal também tem outros gastos que precisam ser sanados, indicando que a verba enviada será utilizada em outras atividades.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários