Fim da narrativa: Presidência informa que não pagou os custos da viagem de Carlos Bolsonaro à Rússia (Assista)

A presidência da República informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que a viagem do vereador Carlos Bolsonaro à Rússia, em fevereiro deste ano, não foi paga com recursos federais.

O Itamaraty enviou ofício ao STF afirmando que o Ministério das Relações Eexteriores não pagou nenhuma diária em hotel para o filho do presidente nem qualquer despesa decorrente da viagem.

O ministro da Suprema Corte, Alexandre de Moraes, havia solicitado as informações em virtude de uma demanda provocada pelo senador de oposição ao Governo Bolsonaro, Randolfe Rodrigues, que foi um dos integrantes da cúpula da CPI da Covid-19.

A presidência informou ainda que os questionamentos do Congressista têm fins políticos e nenhuma base jurídica.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários