Mendonça agora é ministro substituto do TSE

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), André Mendonça, foi eleito, nesta quinta-feira (17), para vaga de ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), órgão responsável pela organização das eleições no Brasil.

O próprio plenário do STF votou a favor de Mendonça para a vaga; já que o ex-Advogado-Geral da União (AGU) nunca havia participado do tribunal eleitoral.

Mendonça acumulará as atividades no TSE com as da Suprema Corte, mas somente será requisitado na função quando os titulares das vagas estiverem ausentes ou impedidos de participar dos julgamentos. 

O TSE é composto por sete ministros, sendo três do STF, dois do STJ, e dois advogados com notório saber jurídico, nomeados pelo presidente da República.

Além de Mendonça, Edson Fachin e Alexandre de Moraes fazem parte do TSE. Já Cármen Lúcia e Nunes Marques completam a lista também como substitutos.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários