Gleisi é condenada a indenizar Hang por danos morais

Em 2020, a deputada federal e presidente nacional do PT afirmou, em live, que o dono das Lojas Havan era um sonegador de impostos, mas não apresentou provas. A parlamentar apenas reproduziu notícias publicadas em veículos de comunicação.

Luciano Hang ficou sabendo do ocorrido e entrou na Justiça contra a petista; para que ela provasse as acusações. A defesa da deputada, no entanto, alegou que ela estava resguardada pela imunidade parlamentar e pelo direito de liberdade de expressão.

O juiz do caso Fábio Luis Decoussau discordou da tese dos advogados e estipulou indenização a Hang em R$ 35 mil e determinou que Gleisi retire do ar os vídeos sob pena de multa diária no valor de R$ 1 mil.

- Ademais, a singela alegação da ré no sentido de que apenas reproduziu notícias publicadas em periódicos não convence, seja porque não se limitou a reproduzir as referidas notícias, mas, ao invés disso, fez afirmações inconsequentes que macularam a honra alheia - finalizou o magistrado.

Gleisi vai recorrer da decisão.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários