VÍDEO: De olho na corrida eleitoral, Lula quer que Globo peça desculpas a ele

No ano de disputa eleitoral pela chefia do Planalto, o ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenado pela Força-Tarefa "Lava Jato" a mais de 9 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro em várias instâncias da Justiça, afirmou, nesta quinta-feira (24), em entrevista à Rádio Super Notícia, de belo Horizonte, que deseja um pedido de desculpas público da Rede Globo por supostas mentiras propagadas pelo Jornal Nacional.

- Eu tive 13 horas de matérias contra mim no ‘Jornal Nacional’ em 9 meses. A Globo deveria pedir ao Bonner que faça um editorial, dizendo que a emissora foi enganada pela força-tarefa de Curitiba - sugeriu.

O petista reclamou bastante da cobertura da imprensa no caso e adiantou que vai processar pessoas que foram as fontes das notícias, que são resguardadas por lei.

- Eu ainda vou abrir alguns processos contra as pessoas que espalharam tanta mentira contra mim. Não vai ser agora, no meio da campanha eleitoral, mas vai acontecer - alegou.

Lula já disse, em vários momentos que, caso eleito, vai regular a imprensa no Brasil para, de acordo com ele, evitar Fake News.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários