EUA fornecerão gás natural para UE reduzir dependência da Rússia

O presidente americano, Joe Biden, confirmou, nesta sexta-feira (25), que os Estados Unidos fornecerão aos países da União Europeia mais gás natural liquefeito (GNL); a fim de que essas nações reduzam sua dependência dos combustíveis fósseis russos.

- Estamos nos unindo para reduzir a dependência da Europa da energia russa. Não devemos subsidiar o ataque brutal de Putin à Ucrânia - alegou o democrata.

O Governo do presidente Vladmir Putin fornece 40% de todo o gás utilizado pela União Europeia e mais de um quarto de suas importações de petróleo. Entretanto, essa venda foi paralisada em virtude do conflito Rússia e Ucrânia e das sanções impostas pela UE ao kremlin.

Com o novo acordo, os Estados Unidos deverão encaminhar, ainda este ano, para a UE, pelo menos 15 bilhões de metros cúbicos de GNL só para iniciar.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários