Depois de polêmica foto, Gleisi manda "cortar" relógio caro da imagem

Por um instante, a presidente nacional do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann, achou estar fazendo bem quando compartilhou uma foto da mão do ex-presidente Lula (PT) em seu perfil nas redes sociais. O problema é que, ao divulgar a imagem, no braço do petista estava nada menos que um relógio suíço, da marca Piaget, avaliado em mais de R$ 46 mil.

Pra tentar esconder o "lapso", a parlamentar mandou "cortar" o relógio caro do braço do "pai dos pobres" e tentou omitir a imagem que, é claro, já havia caído na web e viralizado.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários