Milton Ribeiro pede exoneração do MEC

O Ministro da Educação, Milton Ribeiro, foi exonerado do Ministério da educação (MEC), nesta segunda-feira (28). A exoneração foi publicada no Diário Oficial da União (DOU).

O professor estava sendo acusado por prefeitos de favorecer projetos educacionais que fossem de amigos dos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura e de, supostamente, fazer lobby para a construção de creches e escolas.

- Decidi solicitar ao Presidente Bolsonaro a minha exoneração do cargo, com a finalidade de que não paire nenhuma incerteza sobre a minha conduta e a do Governo Federal - salientou o ministro.

O atual Secretário-Executivo do MEC, Victor Godoy Veiga, substituirá Ribeiro no cargo.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários