VÍDEO: Em "Lulapalooza", petista debocha de militares e diz que ala "puxa o saco de Bolsonaro"

O ex-presidente e ex-presidiário Lula (PT), principal adversário de Jair Bolsonaro (PL) nessas eleições, disse, no evento "Lulapalooza", na Universidade do estado do Rio de Janeiro (UERJ), que "o papel dos militares não é puxar o saco de Bolsonaro".

- O papel dos militares não é ficar puxando o saco do Bolsonaro. (...) Os militares fazem parte de uma instituição do povo brasileiro para defender o brasileiros de inimigos externos - alegou Lular, que foi condenado a mais de 9 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro durante a "Operação Lava Jato", da Polícia Federal.  

Embora o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda não tenha permitido as campanhas eleitorais, que só serão admissíveis em agosto deste ano, Lula participou do evento na UERJ com artistas, intelectuais e jovens, este último o público que o Partido dos Trabalhadores quer engajar no pleito de 2022.

Assista: 

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários