Doria vai renunciar ao Governo de SP pra continuar na disputa pela presidência

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), acabou com as cogitações em torno de sua candidatura à presidência da República e disse que continua firme e forte na disputa pelo Planalto este ano.

A imprensa nacional ficou em polvorosa quando o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), anunciou que estava se desligando do cargo para concorrer às eleições deste ano. Como ambos concorreram nas prévias do partido e Doria venceu, muito foi ventilado nos meios de comunicação, se a legenda trocaria um gestou por outro.

No dia seguinte, aliados de Doria já tinham soltado "aos quatro cantos do mundo" que ele não disputaria nem a presidência e nem o Governo de São Paulo porque estaria "muito queimado".

À emissora CNN, Doria disse que vai se desligar do cargo de governador e passar o "cajado" para Rodrigo Garcia (PSDB), enquanto ele permanece na corrida pelo Executivo Nacional.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários