ACM Neto quer cancelar filiação de Moro no União Brasil

Nem todos os integrantes do recém-formado União Brasil estão contentes com a ida repentina de Sérgio Moro para o partido criado através da união do DEM com o PSL.

Logo de cara, Moro já fez um inimigo de peso na legenda, ACM Neto, secretário-geral da sigla e mais oito dirigentes do União Brasil vão entrar com um pedido para impugnar a filiação do ex-juiz federal.

- Vamos apresentar, ainda hoje, um requerimento de impugnação da filiação dele. Será assinado pelos 8 membros com direito a voto no partido, o que corresponde a 49% do colegiado. A filiação, uma vez impugnada, requer 60% para ter validade - afirmou ACM Neto.

O problema, segundo ACM, é que Moro tem ventilado entre integrantes da legenda que, embora tenha publicado nas redes sociais que está fora da disputa presidencial deste ano, a verdade é que ainda não desistiu de nada. Parte dos filiados do União Brasil receberam com surpresa essa afirmação e afirmam não o quererem como candidato ao Planalto, o que tem gerado desconfiança entre os lados.

- Em caso de insistência em um projeto nacional, o partido vai impugnar a ficha de filiação de Moro - alertou o deputado Alexandre Leite, tesoureiro da União Brasil em São Paulo.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários