Justiça manda Doria devolver o dinheiro empregado na pintura das escolas estaduais com as cores do PSDB

Estão condenados na ação a pagar as custas processuais e a devolver o dinheiro (R$ 1,1 bilhão) empregado na pintura das escolas estaduais de São Paulo, o governador do Estado, João Doria (PSDB), e o secretário de Educação, Rossieli Soares.

A gestão estadual previa repintar 40% das instituições de ensino com as cores do PSDB: azul e amarelo, mas o juiz Emílio Migliano Neto considerou que a pintura era uma promoção pessoal de Doria e cancelou a obra.

- A prática de utilização de recursos públicos para promoção pessoal é vedada pela legislação e o Judiciário tem sido implacável - argumentou o magistrado.

A decisão do magistrado é de primeira instância. Por isso, ainda cabe recurso.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários