Após polêmico tapa, Will Smith deixa a Academia do Oscar: “Traí a confiança”

Nesta sexta-feira (1), o ator e comediante, Will Smith, anunciou que deixou de ser um membro da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. A decisão foi tomada após o tapa que deu no ator, e também comediante, Chris Rock, durante a cerimônia do Oscar 2022, que ocorreu no domingo (27).

- Aceitarei plenamente todas e quaisquer consequências pela minha conduta. Minhas ações na apresentação do 94º Oscar foram chocantes, dolorosas e imperdoáveis - afirmou o ganhador do Oscar na categoria de Melhor Ator por "King Richard - Criando Campeãs"
- Eu traí a confiança da Academia. Privei outros indicados e vencedores de sua oportunidade de celebrar e ser celebrado por seu trabalho extraordinário. Estou de coração partido - reforçou o artista.

A renúncia em fazer parte da academia faz com que o ator apenas pare de votar na premiação. Mas, ele ainda pode ser indicado para prêmios e cerimônias e não há possibilidades dele perder a estatueta conquistada.

Contudo, Will ainda pode ser punido. A academia vai anunciar dia 18 de abril qual será a punição por agressão ao colega. Entre as penas, Smith corre o risco de ser proibido de participar de futuros eventos da organização, de forma temporária ou permanentemente.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários